Este ano uma grande novidade do BH Design Festival  é o Mercado de Design que será apresentado no Pátio Savassi no piso L3 no final de semana do dia 01.06 (sábado) e 02.06 (domingo). Serão 20 expositores que irão apresentar suas criações e vender para o público visitante. A seleção dos participantes ficou a cargo de Renato Tomasi, organizador do festival que para a curadoria se norteou por três princípios. São eles: Consumo social (fator relacionando a forma de fabricação das peças, respeito às práticas sustentáveis e ecológicas), Visual love (fator relacionada ao caráter estético das peças) e por fim Orgulho local (seleção de designers que atuam dentro de Belo Horizonte e que utilizam na fabricação ou axílio de fabricação das peças sempre mão de obra local, fortalecendo assim a comunidade que atua).

Os produtos comercializados vão desde acessórios de moda, passando por artigos para casa, arte e até chocolates, mas tudo com muito design. Com a proximidade do dia dos namorados será uma ótima oportunidade de encontrar um presente original.

 

Pátio Savassi / Piso L3 

01.06 e 02.06

Sábado – 11h às 21h / Domingo – 12h às 20h 

 

Confira todos expositores: 

 

Bottane Cosméticos Naturais

Bottane Cosméticos Naturais surgiu do desejo de duas farmacêuticas (Cris e Patrícia) de tornar mais acessíveis produtos naturais para o cuidado diário, livres de derivados de petróleo, parabenos e conservantes sintéticos. 

Os produtos Bottane são naturais, veganos e formulados com óleos e manteigas vegetais de alta qualidade e óleos essenciais que promovem efeitos reais e  terapêuticos  para a pele e cabelos.

São produtos que se destacam ainda por serem menos agressivo ao meio ambiente, uma vez que os resíduos gerados são mais suaves que os da indústria convencional.

 

Carlos Penna

Desde seu início, a Carlos Penna vem buscando novos caminhos para produção de acessórios. Marcada pela singularidade e pelo inusitado as peças trazem consigo uma história que ultrapassa os conceitos comuns do design. Baseando-se no principio de que a peça não precisa ser necessariamente uma joia, a marca está sempre brincando com as possibilidades de formas, materiais, contextos e usos, criando com isso uma relação particular com os usuários. Isso se dá porque para nós a peça não se completa apenas no seu design, ela é além de tudo uma correlação entre o designer, objeto e usuário, que é parte fundamental no processo de significação da peça. Desse modo a Carlos Penna se envereda no universo de possibilidades que o mundo oferece, resignificando materiais, ampliando o horizonte de histórias e criando uma relação única com o usuário.

 

Eduardo Vilas Boas

A @tabuasevb é uma marca de tábuas com ideias inovadoras para transformar em sofisticados os mais simples utensílios de cozinha, com uma atitude ecologicamente correta!

70% dos produtos do Eduardo Vilas Boas são elaborados com madeiras de reflorestamento e de demolição.

 

Estúdio Veste

O ESTÚDIO VESTE nasceu da vontade de transformar em produto a nossa admiração por pessoas que prezam o fazer das coisas simples e cotidianas, e pelos seus novos modelos de trabalho. Admiramos quem cuida do seu dia com alegria, tem os
olhos abertos para a beleza, adora conforto e bem-estar e se importa com o processo pelo qual as coisas passam até chegar em suas mãos

Atuamos em duas frentes: PROJETOS e PRODUTOS. Em nossos projetos para vestes utilitárias, priorizamos conforto e usabilidade, somados ao estilo, ampliando
a identidade de marca. Nossos produtos são objetos para casa, que além
de funcionais, deixam seu cotidiano cheio de charme e bossa

No ESTÚDIO VESTE desenvolvemos projetos de vestes utilitárias para empresas de diversos tamanhos e frentes de trabalho. Cuidamos desde da criação no design dos
produtos, até o acompanhamento da produção ou curadoria das peças, para que elas sejam entregues prontas para o uso. Nossos projetos partem da pesquisa de materiais diferentes, tecidos de qualidade e modelos que fujam do lugar comum.

 

Fernanda Torquett

A marca de acessórios mineira Fernanda Torquett mescla em suas peças sofisticação e existencialismo, oferecendo às suas clientes experiências que aliam o empoderamento feminino à plástica contemporânea. Nesse sentido, por meio de brincos e de colares cujos principais subsídios são materiais de descarte da indústria de bijouterias, a marca tem ornado mulheres que buscam a reconexão com sua substância ancestral, mas que consideram, nesse processo, o novo e o porvir como peças-chave.

Certa de que experiências estéticas externas podem promover identificação com a beleza interior, Fernanda Torquett aposta na elegância e na simplicidade como forças motrizes para a nova realidade que mulheres desconstruídas e, por isso, em construção, vêm arquitetando. Cosmopolita, mas existencialista, a moderna Fernanda Torquett ancora a ideia de que, ao se adornar de propósitos que beneficiam o que é essência, suas consumidoras, progressivamente, experimentam em si transformações.

 

Frente Verso

A Frente Verso Encadernações Especiais é uma empresa de Belo Horizonte, que produz itens de papelaria feitos de maneira totalmente manual e artesanal com desenhos e materiais exclusivos.

Espaço de troca entre amantes do design, da arte e arquitetura que curtem organizar e anotar suas ideias usando caixas, cadernos e pastas super especiais, é referência no segmento de acabamento gráfico de qualidade.

 

Line + Julia Bianchi

“Devíamos desenvolver um projeto juntas, enquanto uma cuida da criação das estampas, a outra desenvolve a modelagem e trabalha a costura.”

A partir dessa vontade, surgiu a marca colaborativa LINE + JULIA BIANCHI, unindo estes dois ofícios e transformando-os em belos quimonos costurados em tecido leve e impresso com estampas exclusivas.

A designer Júlia Bianchi também leva para a feira suas echarpes, impressas em grandes dimensões (170 x 70 cm), permitindo assim várias amarrações diferentes.

 

Julia Fontes

Julia Fontes, designer e artista autodidata, tem como propósito transmitir a beleza da vida através de suas criações em estamparias. Um trabalho único no design autoral, com grande força criativa, que traz peças assinadas cheias de positividade em cores, mensagens e em diferentes superfícies.

 

Lulu Laboratório de Arte 

Artista Plástica formada pela Escola Guignard. Gestora do espaço Lulu Laboratório de Arte, espaço aberto a manifestações artísticas onde acontecem oficinas, cursos, palestras, entre outras propostas artísticas.

 

Marisa Portela

Marisa Portela, mineira de nascimento, estilista da marca que leva seu nome, e a 20 anos vivendo na serra do Rio de Janeiro acaba de desembarcar em Belo horizonte onde terá seu atelier de joias autorais.  Seguindo o conceito do Slow Design as joias são desenhadas e executadas com cuidado, delicadeza e no tempo necessário e essencial para a execução de uma peça com qualidade. “A intenção é criar peças que possam ser usadas por muito tempo e continuam atuais o que estimula o consumo consciente. “A joia cuidadosamente escolhida, marca a nossa presença, nosso estilo e personalidade”. De certa forma ela passa a guardar e contar um pouco a história de quem as usa.”

 

Moon Eyewear

Nós acreditamos que sua identidade é única e fluida, e que ela se traduz no que se pensa, no que se faz e no que se veste. Por isso nossos óculos são produtos exclusivos, projetados para você escolher o que quiser ser, como quiser ser.

Somos uma marca mineira com a proposta de produzir peças de alfaiataria de óculos por um preço justo. São coleções com poucas peças iguais, um design autoral e matéria-prima de qualidade internacional.

Andamos onde se cria identidade. Somos a primeira marca de óculos a participar do Minas Trend Preview.

mooneyewear.com.br

Instagram: @moon_eyewear

 

Nicia Braga Cerâmica

A artista nasceu em Belo Horizonte. Morando em Tiradentes, as curvas das montanhas continuam presentes nas formas modeladas. São 40 anos de cerâmica, pesquisas, exposições coletivas e individuais. O trabalho se distingue não só pelos materiais (argilas, rejeitos, pigmentos, cinzas de madeira), mas na busca incessante da leveza no processo criativo. A porcelana e o branco marcam o mínimo, o exato e o preciso. Num contínuo gesto do criar, a origem, a história e a perenidade dos materiais.

 

Papel e Tudo

Eu sou Fabiana, criadora da Papel e Tudo. Sou Publicitária de formação, Designer de coração.
Empreendedora Criativa e apaixonada, acredito que uma vez inspirados, podemos inspirar o mundo.
Artistaempresária, EmpreenCriadora, Poetapublicitária.
O que faço é traduzir em texto e design tudo o que a gente sente, mas não sabe como expressar. Amor, amizade, gratidão, coragem, desejo, para que, através do presente, tudo isso possa tocar a vida de alguém. 

Amo papelaria, delicadezas, luxinhos. Porcelana, tecido, superfícies diversas para encher de arte e afeto.
Acredito no presente, como estar presente, fazer parte, tocar um coração. Quero trazer pro mundo mais mão na måo, olho no olho, palavras ao pé do ouvido, abraços, coração com coração. 
E, assim, posso alcançar e transformar, mesmo que por um momento, a vida de quem vê, compra ou recebe Papel e Tudo.
O que quero é tocar seu coração!

 

Pera Limonera

Uma espátula, muitas ideias, algumas vasilhas e um desejo: foi assim que Fernanda Albert resolveu pincelar sua paixão pela confeitaria com sua formação como arquiteta.

A ideia de criar chocolates de encher os olhos (e a boca!) fez do lazer um verdadeiro ofício e vício: nasceu a Pera Limonera. Fernanda é descendente de espanhóis e, em espanhol, ser a “pera limonera” quer dizer ser o máximo que se pode imaginar, algo divino! A Pera Limonera preza pelo encantamento, seja nas embalagens, na estética dos chocolates e principalmente no sabor.

Para o BH Design Festival, a Pera Limonera vai lançar em primeira mão o projeto ART.IS: a cada 3 meses, um artista convidado irá estampar as embalagens das barras de chocolate, disponíveis em 100g ou 50g. A primeira coleção será estampada com obras do artista plástico Nico (@ateliernicolaspablo).

Fernanda Albert é formada em arquitetura e urbanismo, está à frente do escritório Albert Arquitetura desde 2010 e, em dezembro de 2018, resolveu entrar para a arte da confeitaria, com foco na produção de chocolates.

 

Roberto Lott e Luiz Seara Cerâmicas

“Dar corpo e vida ao orgânico, à geometria das formas, a partir da transformação da argila pelo fogo. Assim nasceu a vontade do fazer. Assim vivemos ceramistas.” 

 

Suka Braga

O que nos motiva são produtos com filosofia de vida que transmitem claramente seu papel e sua intenção. A sua origem, seu tempo, e a sua capacidade de permanência. Frutos da produção humana, acessórios e jóias são criados para que tenham relevância de longo prazo.

No exercício do design as soluções se materializam buscando formas conscientes e democráticas de produção e consumo de produtos.

Enfim, somos o que queremos ser, feito a mão no Brasil de maneira justa.

 

Tatiana Queiroz

Tatiana Queiroz é uma marca de jóias e objetos de design autoral feitos no Brasil. O trabalho da designer, construído com linhas arquitetônicas, formas orgânicas e escultóricas celebra um universo feminino e sofisticado, com identidade muito própria.

Suas criações, de design arrojado, são desenvolvidas à partir da investigação de processos químicos e técnicas artesanais aplicadas ao metal e outros materiais resultando em peças contemporâneas de linguagem única.

 

Thais Mor Atelier

Thais Mor é designer e publicitária de formação e ceramista e artista visual de coração.

No seu atelier em Belo Horizonte, sua assinatura une o design à exclusividade do trabalho artístico feito à mão, tendo as cerâmicas de alta temperatura e a porcelana como principais suportes para estampar seus traços.

 

Ventura Design 

Tudo é feito de forma bastante delicada. Desde a concepção da peça , o corte do  vidro, a pintura, a fundição em alta temperatura .

É um exercício diário de concentração , inspiração e emoção. E  somente desta forma, o vidro se  transforma .  Este ritual se repete a mais de 20 anos.

Cada peça é única e traz as marcas do processo inteiramente artesanal.

É nesta expressão de arte que me encontrei.

 

Zuur Gin

Se quando você pensa em um destilado mineiro, vem sempre em primeiro lugar a cachaça, estamos aqui para te desafiar. Pensando em inovar no mercado local e nacional, agora Minas também tem um gin para chamar de seu. Produzido em uma fazenda no distrito de Capim Branco, próximo a capital Belo Horizonte, nossa destilaria está situada em um dos biomas mais ricos do Brasil, o Cerrado Mineiro. Este que serve de inspiração não só para nossa receita, que possui como uma de suas estrelas o Limão Capeta (também conhecido como Limão Cravo, Limão Rosa ou Galego), com rótulo em tom chamativo de verde e laranja que traduzem as cores da flora e do limão-capeta, somados à imagem da jaguatirica, animal representante da fauna do cerrado, surgiu a nossa icônica garrafa.